Image Map A Providência: MÚSICA: HALLELUJAH    

MÚSICA: HALLELUJAH



Música: Hallelujah
Banda: Panic! At The Disco
Álbum: Death Of A Bachelor
Lançamento: 15 de Janeiro de 2016
Gravadoras: Decaydance e Fueled By Ramen

Olá, recrutas. Quanto tempo. Já estava com saudades de vocês. Me abracem. Agora deixando toda essa emoção de lado, eu gostaria hoje de recomendar outra música para vocês. Tô meio sem tempo de fazer resenhas de filmes e séries, então música fica mais fácil de recomendar e não preciso fazer algo tão longo. Enfim... Vamos a nossa música da semana que está sensacional. Essa música é nova e o álbum ainda não foi lançado. Vamos deixar de conversa grátis, que eu quero apresentar nada mais, nada menos do que “Hallelujah” do Panic! At The Disco. E como sempre, vamos fazer uma resenha rápido sobre a banda.

Panic! At The Disco é uma banda de rock alterniativo dos Estados Unidos. A banda sofre influências teatrais, vistas em músicas como “I Write Sins Not Tragedies” ou “The Ballad Of Mona Lisa”. Acabou sendo formada em 2004 em Las Vegas, Nevada e acabou ganhando fama em 2006, após o lançamento de “I Write Sins Not Tragedies” que acabou sendo premiada no VMA. Outra curiosidade é que ainda no VMA, só que de 2008, “Nine In The Afternoon” acabou sendo indicado como o Melhor Vídeo Pop. Seus primeiros integrantes são Brendon Urie, que agora é o único na banda, Ryan Ross, Spencer Smith, Jon Walker e Ian Crawford. Todos os outros não estão mais participando. Panic! At The Disco é minha banda favorita e para mim, “A Fever You Can’t Sweat Out” está entre os álbuns que mais adoro. Porém, minha música preferida está no álbum “Vices & Virtues”, sendo ela “New Perspective”.  Mas, Death Of A Bachelor, que é o novo álbum da banda que ainda não foi lançado, promete ser um dos maiores projetos dela, sendo produzido inteiramente por Urie. Tanto que nossa música escolhida hoje pertence a esse álbum.

Hallelujah trabalha com dois cenários, um labirinto e um confessionário. O vídeo começa com Brendon e uma garota no labirinto, em que ele permite a ela ir primeiro. Porém, quando ele vai atrás dela, o local começa a deslocar suas peças e modificar-se. Depois aparece a cena dele no confessionário, confessando consigo mesmo. Ele começa a contar o que se passa em sua cabeça, tentando entender tudo. Enquanto isso, Urie continua seguindo a garota no labirinto, que continua a se modificar e a se tornar mais difícil. Em uma cena, notasse que sua percepção no local é alterada. Um exemplo disso é quando ele tenta pegar a bicicleta que está ao lado da outra que a garota pegou para andar, mas não consegue porque ela é uma miniatura, ou seja, nada é claro no labirinto. O final é fantástico. Ele, por fim, confia em seus instintos e acaba entendendo o labirinto. Tá, mas o que o vídeo significa? O clipe na verdade é uma metáfora. Urie confessa a ele mesmo no confessionário, que seus pecados são como labirintos que ele não consegue entender. A letra da música revela o que gera isso. Porém, ao desenrolar do vídeo, ele acaba entendendo que esse sentimento é algo natural e que ele precisa confiar. Isso é revelado no final do clipe. Por isso a todo o momento havia modificação do labirinto. Porque era algo novo a tentar decifrar.


Bom, é isso recrutas. Gostaram da resenha da música de hoje? “Hallelujah” é mais do que um simples vídeo. Ele é uma lição. Então, “todos vocês pecadores, levantem e comentem, eu amei a resenha de hoje”. Pois é. Eu também amei. Até a próxima, recrutas. 

VÍDEO:


16 comentários:

  1. Fiz um comentário, ai a merda da internet caiu e não enviou - revolts, mano. Enfim, vamos lá...
    Nunca tinha lido resenha sobre uma música, bem criativo e bacana. Sempre ouvia comentários sobre a panic mas nunca tinha sentido vontade de conhecer o som deles, quer dizer, ouvi pela primeira vez há um ou duas semanas. Hallelujah é uma das minhas músicas favs deles, junto com new perspective.

    Beijos, isxbelly.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredite, se você procurar bem, a nova música dele Death Of A Bachelor, Emperor's New Clothes, Girl That You Love, Far Too Young To Die, entre outras, são totalmente incríveis. As músicas deles, desculpe dizer, não são iguais a músicas brasileiras. Elas tem um Q. Um significado. Não são só palavras que são pronunciadas com melodias. :)

      Excluir
  2. Emperor's new clothes é muito boa também, confesso que o clipe me deixou com um pouco de medo, mas também é magnífico.
    E com certeza é melhor que muitos artistas brasileiro, mas aqui tem uns que escapam hahahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu curto algumas coisinhas meio Dark, por isso gostei loucamente do clipe Emperor's New Clothes. Brendon na verdade disse que só fez ele (clipe) assim, porque no momento que estava fazendo a música, se sentia um demônio, então ele quis retratar isso no vídeo. Não que ele seja demoníaco ou algo do tipo. É que ele é um cara teatral, precisa de inspirações diferentes para compor suas músicas. E realmente. Tem alguns que escapam. :)

      Excluir
  3. Já conhecia Panic! At The Disco por causa da música deles naquele filme Garota Infernal.
    O cara canta muito né?!
    Amei ficar sabendo dessa música e achei o clipe espetacular, quero o vestido que ela usa no clipe que é lindo (rs)
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro esse filme. É uma das melhores atuação de Megan e tenho que dizer, a música do Panic! se ajustou legal no filme. Que bom que gostou do vídeo, eu também curto muito. Aaah, quem sabe não fale sobre moda nos filmes, hahaha. :)

      Excluir
  4. Oie Neto =)

    Gosto bastante do Panic! At the Disco, eles me lembram um pouco do final da minha adolescência (Ane a velha rs...).
    Gostei do post! Uma forma criativa de falar de videoclipe e de música ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ane. A Panic! é uma banda que mexe muito mesmo com nossas lembranças. Se essa lembra da sua adolescência, assista New Perspective. :)

      Excluir
  5. Nossa, ela surpreendeu. Sei lá, pelo nome você espera ouvir outra coisa, completamente diferente. O ritmo é bem bacana, e a letra tb. O clipe é mto diferente de tudo o que eu já vi. rs Enfim, gostei muito!!


    www.chadefirulas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Laís. Realmente, ela possui um ritmo bacana e uma letra bem poética. :)

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Indiquei o seu blog para responder a Tag Liebster Award - Descobrindo Novos Blogs.
    Acesse o link para participar.
    http://animeseriesforall.blogspot.com.br/p/tags.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe não ter respondido sua tag. Tava em um projeto pessoal e deixei meu blog a deriva do destino, haha... Mais uma vez desculpa. :)

      Excluir
  7. Oi Neto, tudo bem?
    Eu amo seu blog, (por isso até já sigo ele). Já comentei aqui nesse post, então tô voltando pra avisar que te indiquei em uma tag. Corre lá pra ver! :)
    Beijo, beijo. PS: tá muito sumido hein?

    http://www.chadefirulas.com.br/2015/12/descobrindo-novos-blogs.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Laís... Seu blog é muito zika e obrigado por gostar tanto do meu blog. Fico muito feliz. Desculpe também não ter respondido a tag. Eu fiquei fora por um bom tempo e realmente não sabia como lhe dar com duas coisas ao mesmo tempo. :)

      Excluir
  8. Nossa, não conhecia... Sou péssima com música não-nacional
    Mas gostei haha
    Boas festas de fim de ano!

    beijos
    http://quinzemeianoite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giulia. Que nome lindo. Bem, essa questão de não ser boa em música internacional é muito fácil de resolver comigo, hahaha... Eu vou postar muitas músicas desse tipo aqui. É só ficar ligada. Boas festas para você também. :)

      Excluir